Balanço 2015: Reposicionamentos para manter a energia positiva


Quando estamos doentes, o corpo e a mente tendem a assemelhar-se a uma sombra do que normalmente são. Tudo parece turvo e perdemos a claridade. Nesta recta final do ano foi assim, o que quebrou a força anímica. As notícias menos boas constantes relacionadas com o mundo ou o país não ajudaram e a luta para mantermos a energia positiva revelou-se assim ainda mais difícil.


Mas como não é da nossa natureza desistir, foi preciso encontrar ainda mais o nosso foco e rumo. Nesse aspecto, a partilha de beleza e de alternativas à realidade do dia-a-dia tornou-se imperativo. O nosso tempo por cá é demasiado efémero para que nos deixemos arrastar.

Para facilitar as partilhas deste blogue, este ano viu, finalmente, nova mudança radical no layout do site. A quantidade de códigos personalizados e trabalho foi imenso, mas uma das prioridades foi sempre que o layout fosse elástico e se adaptasse a vários dispositivos como tablets e telemóveis. Como quem diz, o blogue passou a beneficiar de tecnologia moderna e com estética a condizer. A informação, apesar de continuar a existir em grande quantidade, passou a estar mais organizada e diversificada. Já as actualizações de conteúdo, essas continuam erráticas, apesar de acreditar que não beneficiamos em nada com a urgência de informação a toda a hora.


Se há algo cuja tendência é contínua por estes lados, é saber quando temos de deixar algo de parte para continuar a seguir em frente. É por essa razão que certas actividades desaparecem para dar lugar a outras por exemplo. Há que perceber quando estamos a perder tempo a fazer algo que não beneficia ninguém. Este ano acabou por ser uma etapa importante no que toca à Fotografia, com exposições de nota na Hungria na Biblioteca Nacional das Línguas Estrangeiras e na ELTE, em Budapeste, com a primeira a levar ao nosso regresso esperado à Hungria num contexto diferente e muito positivo, que nos levou a ver o país de outra forma e com outros olhos. No seguimento, após algumas conversas nesse sentido e por vontade de todos os envolvidos, acabaríamos por realizar também uma exposição importante na Embaixada da Hungria, em Lisboa. Evento privado, foi o primeiro passo para trazer para Portugal a exposição fotográfica relacionada com a Hungria. Em 2015 também acabámos por participar numa conversa sobre o nosso trabalho e, mais perto do final do ano, vi quatro fotografias minhas figurar no catálogo “Transversalidades Fotografia sem Fronteira 2015 – Territórios, Sociedades e Culturas em Tempos de Mudança”, com uma delas a estar presente numa mostra colectiva na Guarda relacionada com o tema em causa.


No que toca a reportagens fotográficas, tive a oportunidade de estar presente em alguns lançamentos de livros, assim como no primeiro dia da 5ª Escola de Verão do Instituto para a Literatura Mundo (Universidade de Harvard), que foi organizada este ano pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.


Outro marco importante deste ano foi o lançamento em Março do novo álbum da banda inglesa Red Painted Red, cujo design é da minha autoria.


As colaborações com o Centro de Língua Portuguesa do Camões em Budapeste e com a empresa Lusimag continuaram este ano, com direito aos mais diferentes tipos de materiais publicitários. No primeiro caso, além da manutenção do site, a elaboração de cartazes vários mereceu novamente destaque, assim como a criação de alguns postais. Estes últimos acabariam por levar à recente actividade que ando a promover de postais com fotografias e textos inéditos da minha autoria. Esta é igualmente uma das razões para que os textos de ficção e criativos tenham desaparecido do blogue porque há limites para o que se pode oferecer e porque todos temos de ganhar a vida.


2015 foi um ano de reposicionamentos e de algumas batalhas que deverão trazer mais frutos no futuro. Alguns poderão ser de ordem pessoal e profissional, outros de partilhas que queremos tentar dar às pessoas.

Como já é norma, segue-se a minha lista de preferências, por ordem alfabética. A doença de ordem técnica neste artigo é muita, com imensos códigos personalizados e imagens a condizer, de modo a facilitar todo o processo ao leitor. O trabalho que isto dá é enorme, mas desta forma, para quem tiver interesse em saber mais, em ouvir alguma música ou ver um trailer sobre uma série, filme ou documentário por exemplo, basta clicar no local respectivo e assim têm muito material onde se entreterem ou inspirarem sem precisarem de procurar. Resta-me agradecer mais uma vez a quem me segue e apoia. Votos que 2016 vos traga felicidade.

Música | Álbuns (clicar nos quadradinhos de cada álbum para ouvir)


Aube L - A mon étoile
--> OPINIÃO

«A mon étoile é maravilhoso, irradia felicidade e melancolia, transcendência e catarse, faz-nos olhar para o céu de uma outra forma. É uma expedição inebriante para os sentidos.»


BirdPen - In The Company of Imaginary Friends

Lançado em Maio, o terceiro álbum dos BirdPen é mais um disco a não perder desta banda exímia em fazer-nos viajar com a música. Épico, melancólico, psicadélico, com as baterias apontadas para o céu.



Darkness Falls - Dance And Cry

Este é um dos discos que mais me acompanhou este ano. Dançável, negro, repleto de atmosfera, o segundo disco desta dupla dinamarquesa entranha-se na pele. Uma mistura lânguida de pós-punk e sintetizadores pop.



Etiquette - Reminisce
--> OPINIÃO

«Reminisce é cativante do início ao fim e um claro trabalho de amor. Não há uma nota ao acaso, um baixo maquinal que não esteja no sítio certo.»



Grasscut - Everyone Was a Bird
--> OPINIÃO

«Em certos casos, o violino dança com a música e somos obrigados a imitá-lo, a cabeça abana em consonância, os ombros descaem e os pés batem ao de leve no chão. E nesse instante, nesse pequenino delírio, somos parte da natureza.»


IAMX - Metanoia

Ao sexto álbum o projecto IAMX de Chris Corner mostra uma vitalidade invejável. Aliás, este pode até ser considerado um regresso em força após dois discos mais desequilibrados a nível qualitativo.



Red Painted Red - Hey Dum Dum
--> OPINIÃO
«...Hey Dum Dum cola-se-nos aos ouvidos e às entranhas, às pernas e aos neurónios. É um disco que fala para nós, que nos acompanha quando pensamos que estamos isolados e dentro de um limbo onde ninguém nos entende. É nosso.»



Saycet - Mirage
--> OPINIÃO

«O pano de fundo electrónico é agora ainda mais orgânico, com emoções à flor da pele, mais diversificado, sem medo de subir de ritmo e de nos convidar a dançar a olhar para as estrelas.»


The Frozen Vaults - 1816
--> OPINIÃO

«O piano, violoncelo e violino, em conjunto com os tapetes electrónicos ambientais meticulosos, dominam as melodias e criam imagens de paisagens desoladas por um Inverno permanente.»


The Slow Readers Club - Cavalcade

Um álbum pop/rock/electro/indie de cariz alternativo repleto de canções que ficam no ouvido. Algumas apontam para a pista de dança, outras para momentos de reflexão. Um disco sólido do princípio ao fim.



Música | Álbuns Menções Honrosas (clicar nos quadradinhos de cada álbum para ouvir)

A Copy For Collapse - Waiting For
A Place To Bury Strangers - Transfixiation
Archive - Restriction
Björk - Vulnicura
Cannaya - Dreams From An Urban Desert
Ceremony - The L-Shaped Man
Chelsea Wolfe - Abyss
Frédéric D. Oberland - Peregrinus Ubique
Future - Horizons
Godspeed You! Black Emperor - Asunder, Sweet And Other Distress
Hearts of Black Science - Signal
Maff - Maff
Malka - The Constant State EP
Motorama - Poverty
Nite Fields - Depersonalisation
Noah - Sivutie
R.roo - Deviation
Schonwald - Between Parallel Lights
Shad Shadows - Minor Blues
Sisters of Your Sunshine Vapor - Desert Brain
Soft Kill - Heresy
Stella Diana - Alhena
Stendeck - Folgor
The Foreign Resort - The American Dream
The Soft Moon - Deeper
The Train Set - Never California
Ummagma - Frequency
VA - Revolution - The Shoegaze Revival
VA - Rock Back for Nepal
Viet Cong - Viet Cong


Música | Temas (destaques dos álbuns)

Aube L - A mon étoile --> OUVIR
BirdPen - Lifeline --> OUVIR
Darkness Falls - My Father Told Me (He Was Wrong) --> OUVIR
Etiquette - Attention Seeker --> OUVIR
Grasscut - Red Kite --> OUVIR
IAMX - Happiness --> OUVIR
Red Painted Red - Rhythm Of Life --> OUVIR
Saycet - Mirages --> OUVIR
The Frozen Vaults - A Year Without Summer --> OUVIR
The Slow Readers Club - Plant The Seed --> OUVIR

A Copy For Collapse - Grey Sunday --> OUVIR
A Place To Bury Strangers - Now Its Over --> OUVIR
Archive - Crushed --> OUVIR
Björk - Mouth Mantra --> OUVIR
Cannaya - Der Traum --> OUVIR
Ceremony - The Separation --> OUVIR
Chelsea Wolfe - Carrion Flowers --> OUVIR
Frédéric D. Oberland - Scene IV --> OUVIR
Future - Colors --> OUVIR
Godspeed You! Black Emperor - Piss Crowns Are Trebled --> OUVIR
Hearts of Black Science - Unfolding --> OUVIR
Maff - Million Year Picnic --> OUVIR
Malka - For Now We Live --> OUVIR
Motorama - Red Drop --> OUVIR
Nite Fields - You I Never Knew --> OUVIR
Noah - Flaw --> OUVIR
R.roo - Eruption --> OUVIR
Schonwald - Venice --> OUVIR
Shad Shadows - Minor Blues --> OUVIR
Sisters of Your Sunshine Vapor - Major Medicine --> OUVIR
Soft Kill - Grandview --> OUVIR
Stella Diana - Bill Carson --> OUVIR
Stendeck - Trying to hold every little second that flies away --> OUVIR
The Foreign Resort - Skyline​/​Decay --> OUVIR
The Soft Moon - Far --> OUVIR
The Train Set - She's Gone --> OUVIR
Ummagma - Winter Tale --> OUVIR
VA - Revolution - The Shoegaze Revival - Clustersun - Hipgnosis --> OUVIR
VA - Rock Back for Nepal - SPC ECO - Ray of Sun --> OUVIR
Viet Cong - Silhouettes --> OUVIR


Música | Temas (outros)

A Shoreline Dream - Time is a Machine Gun --> OUVIR
Be Forest - Glow --> OUVIR
Black Mare - Low Crimes --> OUVIR
Burzinski - Paralysed --> OUVIR
Circe - Lila --> OUVIR
Crystal Shipsss - Drum --> OUVIR
Daughter - Numbers --> OUVIR
Halcyon Chamber - The Space Between Words --> OUVIR
I'lls - Let Me Have Just One --> OUVIR
It's for us - Not enough --> OUVIR
Lights That Change - Voices --> OUVIR
Mechanimal - Radio On --> OUVIR
Omodada - All My Gods --> OUVIR
Opale - Sleepless --> OUVIR
Orange Vision - Dark Around The Eyes --> OUVIR
Paperhaus - Cairo --> OUVIR
Port-Royal - The Last Big Impezzo --> OUVIR
Sextile - Visions of You --> OUVIR
Sleep Thieves - You Want The Night --> OUVIR
Space - Strange World --> OUVIR
Still Corners - Horses At Night --> OUVIR
Tape Runs Out - Friends --> OUVIR
The Away Days - Best Rebellious --> OUVIR
The Ball And The Wall - Standing On My Own --> OUVIR
The Callas - It's Sunday I'm Bleeding --> OUVIR
The Mary Onettes - Ruins --> OUVIR
The Stammer - The Storm --> OUVIR
Undertheskin - Cold --> OUVIR
Zinovia - Faroe Island --> OUVIR
Zurich - Alone --> OUVIR

-- // --

Espectáculos ao vivo/Exposições
'Portugal, Meu Remorso' - a partir de textos de Alexandre O' Neill / Teatro (São Luiz Teatro Municipal, Lisboa)
'Décimo terceiro andamento' - Teatro (Primeiros Sintomas, Lisboa)
'Lago dos Cisnes' - Ballet (Tivoli, Lisboa)
Sebastião Salgado 'Génesis' - Exposição de Fotografia (Cordoaria Nacional, Lisboa)


Documentários

Chuck Norris vs Communism --> TRAILER





Going Clear: Scientology and the Prison of Belief --> TRAILER





Japan: Earth's Enchanted Islands --> TRAILER





Something Better to Come --> TRAILER





What Happened Miss Simone? --> TRAILER







Televisão

Ash vs. Evil Dead --> TRAILER





Blunt Talk --> TRAILER





Daredevil --> TRAILER





Flesh and Bone --> TRAILER





Halt and Catch Fire - 2ª Temporada --> TRAILER





Hand of God --> TRAILER





House of Cards - 3ª Temporada --> TRAILER





Humans --> TRAILER





Mr. Robot --> TRAILER





Narcos --> TRAILER





River --> TRAILER





Silicon Valley - 2ª Temporada --> TRAILER





The Americans - 3ª Temporada --> TRAILER





The Knick - 2ª Temporada --> TRAILER





Vikings - 3ª Temporada --> TRAILER






Cinema

Beasts of No Nation --> TRAILER





Mad Max: Fury Road --> TRAILER





The Danish Girl --> TRAILER





The Martian --> TRAILER





The Revenant --> TRAILER







Anime

Death Parade --> TRAILER





Empire of Corpses --> TRAILER




Gangsta --> TRAILER





Lupin The Third --> TRAILER





The Boy and the Beast --> TRAILER







Livro

Memento Mori: The Dead Among Us --> OPINIÃO













----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----/----

Balanço 2014
Balanço 2013
Balanço 2012
Balanço 2011
Balanço 2010
Balanço 2009
Balanço 2008
Balanço 2007