Circuitos fechados

segunda-feira, Julho 21, 2014

«Os delírios de papel nada me importam. Já reparaste como cada chuveiro é diferente? O corpo adapta-se às curvas e aos quadrados, às paredes inconstantes. Movimentamos o braço de maneiras mais ou menos poéticas consoante o espaço, mas deixamos cair a água da mesma forma, leve, por cima da cabeça, de olhos cerrados.

Os circuitos são fechados, palco da nossa dança moderna. Quanto mais deserto, melhor. Temos falta do nada, de um tudo que reconhecemos sem voz, forçados à humildade pelas forças naturais que nos esmagam com primórdios de imenso e de bonito. O nosso coração é assim, frágil e necessário, visível nas gotas que pintam a epiderme.»

Nuno Almeida
Equívocos Primários

2014

Circuitos fechados

Guardar [MP3, ZIP] Duração [78:30] Data: 21-07-2014

Playlist:
01. Astronauts - Hollow Ponds
02. Noir Désir - Le Fleuve
03. Cold Showers - Alight
04. The Oscillation - No Place To Go
05. Sonic Youth - Swimsuit Issue
06. Soft Shadows - Whatever You Say
07. The Papertiger Sound - Getting Lost, Being Found
08. Sigur Rós - Rafstraumur
09. Det Vackra Livet - Viljan
10. Ask for Joy - Mystery Disease
11. Mark Lanegan Band - Harborview Hospital
12. Lulu Rouge - Sign Me Out
13. Emmon - Smalltown Boy
14. R.roo - Night Traveler With Clear Eyes
15. Bullets in Madison - St. Jude
16. BirdPen - Mule
17. Azoora - Astray
18. Shield Patterns - Ghost Words


Székesfehérvár: A cidade dos primeiros reis da Hungria

domingo, Julho 20, 2014

Muros invisíveis, pedaços de História à espreita. À medida que nos dirigimos até ao centro histórico da cidade, os olhos lutam com a discrepância da arquitectura em redor. Efeitos da Segunda Guerra Mundial, da industrialização e do regime Comunista/Socialista pós-guerra.

As ruas acolhedoras do centro, a arquitectura barroca e os edifícios antigos, são como um pedaço de tempo perdido onde é um prazer andar a pé. Fora dele, predomina a construção de blocos de prédios sem grande personalidade.

Astronauts - Hollow Ponds (2014)

sexta-feira, Julho 11, 2014

01. Skydive
02. Everything's A System, Everything's A Sign
03. Vampires
04. Flame Exchange
05. Spanish Archer
06. Hollow Ponds
07. In My Direction
08. Try To Put It Out Of Your Mind
09. Openside
10. Slow Days







Em 2008, sob o símbolo do inesperado, o disco ‘Miracle Kicker’ dos Dark Captain Light Captain arrebatou-me e viria a tornar-se uma daquelas preciosidades que guardamos com carinho no coração. Três anos depois, o colectivo reduziria o seu nome para Dark Captain e continuava a sua odisseia por melodias folk-rock alternativas, beneficiadas por arranjos cuidados e pela voz doce de Dan Carney com o álbum 'Dead Legs & Alibis'.

Do caos em movimento

domingo, Junho 15, 2014

«O ruído, encadeado e compassado, enruga as artérias. Aos ouvidos, o caos é passível de ser visto em movimento nas denúncias da pele, cercado por muralhas, no pequeno epicentro das erupções, de boca aberta. Fogo de vertigem, caminha lado a lado com as sombras.»

Nuno Almeida
Equívocos Primários

2014

Do caos em movimento

Guardar [MP3, ZIP] Duração [28:55] Data: 15-06-2014

Playlist:
01. R.roo - Otstuplenie
02. Download - Suni C
03. Stendeck - Catch The Midnight Girl
04. Haujobb - Sensor
05. Diamat - Misunderstood Pt. 2
06. Dead Can Dance - In the Kingdom of the Blind The One-Eyed are Kings