Black Swan Lane - Under My Fallen Sky (2017)

1. Stop to Smile
2. On Your Command
3. The Pain You Suffer Is Gone
4. How Can I Know
5. Valentine
6. Trust
7. Revenge
8. Interlude III
9. Pause
10. Turn
11. Golden Black
12. Sleepwalking in Someone Else's Dreams
13. A Walk In the Cold
14. Behind Your Window


Longos períodos de silêncio. Aqui, ou em geral. Os motivos têm sido vários, desde trabalho a exercícios criativos que nos pedem segredo e um tempo para nós. O mundo manifesta uma vontade de nos enredar numa teia de ansiedade constante. Pede-nos que estejamos sempre presentes, visíveis, que falemos de tudo. A revolução moderna é a de ter coragem para desaparecer sem dizer nada e em regressar consoante a nossa vontade e necessidade.

Se há banda que podemos afirmar estar intrinsecamente ligada a este blogue e à minha pessoa, essa é, seguramente, Black Swan Lane. Tal como este espaço celebra este ano uma década de existência, o registo de estreia da banda, A Long Way From Home, data já de 2007 e deu início a uma relação simbiótica e de amizade a partir do momento em que escrevi sobre ele. Dez anos depois, e três após A Moment of Happiness, escutar Under My Fallen Sky é uma experiência retemperadora que incentiva à quebra de silêncios.

Como é que ao sétimo álbum os Black Swan Lane continuam a soar tão mágicos como antes, ou até melhor do que inicialmente? A resposta poderá residir na transição gradual de um conjunto de vários músicos a colaborar sem uma direcção definida, como aconteceu nos primeiros discos, para o núcleo duro composto por Jack Richard Sobel e John Kolbeck que trouxe toda uma outra maturidade ao projecto.
Isto é transcendente e está naquele patamar raro em que tudo faz sentido quando temos a oportunidade de escutar algo assim.
Para quem desconhece a música dos BSL, ela prima por guitarras cristalinas e uma noção particular de melodia que nos remete para a sonoridade de algumas bandas clássicas como os Kitchens of Distinction, The Church, The House of Love, Catherine Wheel e The Chameleons, entre outras.

Um dos elementos em destaque neste Under My Fallen Sky é a utilização mais acentuada de uma voz feminina, que complementa em vários temas a voz grave de Sobel. Nesse sentido, “Stop to Smile” é a introdução perfeita, como que a convidar-nos a entrar num terreno familiar de que já tínhamos saudades, calmamente, até que começamos a escutar o tema seguinte, “On Your Command”, e o corpo começa a pedir movimentos de dança. O ritmo é contagiante e sorrimos, sorrimos de tal forma que a criança volta a estar presente no nosso olhar. Essa sensação realça-se ainda mais na música que se segue, “The Pain You Suffer Is Gone”, que transpira um certo carácter épico, com a melodia a ter espaço para evoluir até se entranhar na carne. “Revenge” é outro desses momentos únicos, com a voz a soar cada vez mais urgente, gritando, pedindo para ser ouvida.

São 74 minutos de emoções várias, com destaques que mudam consoante a disposição, o dia ou a estação do ano, mas a melancolia sublime de “Golden Black” já conquistou um lugar cativo. A forma como Jack coloca a voz, como entoa a letra, os instrumentos em crescendo, a energia tensa que nos prende o respirar... Isto é transcendente e está naquele patamar raro em que tudo faz sentido quando temos a oportunidade de escutar algo assim. É também aqui que se inicia a magistral sequência final do álbum, um culminar de toda esta atmosfera especial criada por uma banda que não cessa de surpreender pela qualidade e consistência, que teima manter-se em segredo para o público em geral e que, mesmo assim, não desiste. Under My Fallen Sky é um álbum luminoso e inspirador. Juntem-se a nós e apoiem este soberbo novo disco através da página oficial, onde podem adquirir este álbum e todos os anteriores.

Página oficial: http://www.blackswanlane.com
Facebook: https://www.facebook.com/blackswanlane
Youtube: https://www.youtube.com/user/blackswanlane1/videos
Spotify: https://open.spotify.com/album/4gY3nsrfo5HOQWKF6th5qS

Músicas a destacar: A Walk In the Cold, Behind Your Window, Golden Black, On Your Command, Revenge, The Pain You Suffer Is Gone

Opinião: Black Swan Lane - A Moment of Happiness
Opinião: Black Swan Lane - The Last Time In Your Light
Opinião: Black Swan Lane - Staring Down The Path Of Sound
Opinião: Black Swan Lane - Things You Know and Love
Opinião: Black Swan Lane - The Sun and the Moon Sessions
Opinião: Black Swan Lane - A Long Way From Home