Peças de um Puzzle: Tributo Division Kent

Não encaro com muita surpresa que, fora este cantinho aqui, respectivas noites e blogue Planeta Pop, pareça não existir muitas menções a esta banda suíça, o que não é diferente lá fora, como se verificou aquando da morte recente da vocalista, com apenas 37 anos, devido a cancro.

Tendo em conta a relação especial que mantinha com a banda, não só pela música como por termos falado algumas vezes ao longo do tempo, fiquei bastante triste com a notícia e comecei a ponderar em fazer algo para lidar com isso, começando a formar-se na minha cabeça uma pequena homenagem, que se foi transformando com o tempo numa espécie de puzzle constituído por vários pormenores, daqueles que só se pensam no momento. Só podia.

Por aqui passa logo o texto exclusivo e algo extenso, o convite, que enviei por e-mail a muito poucas pessoas, relatando a minha relação com a música de alguns membros da banda, desde os tempos dos Swandive até aos Division Kent, o que perfaz quase 15 anos. E por aí, começou também o tal puzzle que se foi construindo, os convites escassos, pouco visíveis, para esta noite, as dicas pontuais, um processo para uma noite intimista, especial, para as pessoas de quem gostamos ou para quem tivesse mais atento às actividades deste lado, que se foram espalhando por várias frentes. O tal e-mail, os textos aqui, uma imagem ou vídeo no facebook, o slideshow que fui preparando de imagens para a noite, as horas passadas a cortar as capas, à tesoura, do CD que ia oferecer nesta noite, este também, exclusivo, etc.

E porquê fazer-se isto tão repentinamente? E porquê nesta altura de calor intenso ou em pleno dia do começo do festival Alive por exemplo? São malucos vocês, alguém perguntaria, sabendo que o mais certo era não terem lá ninguém dessa forma? Tudo boas perguntas, cuja resposta tanto passará pelo *porque sim*, como pela tal coisa de ter sido o que se sentiu no momento, ficando aqui novamente o agradecimento ao João e restante equipa do Ogâmico, por terem aceite embarcar nesta iniciativa conjunta.

No início desta noite, quando testava já no bar o slideshow de imagens no projector e, também, alguns vídeos da banda, ponderava se não devia ter voltado a andar de óculos escuros, só nesta noite pelo menos, porque logo aí sabia que a mesma teria o seu quê de perturbador. O peito doía, a cabeça também, mas ao mesmo tempo, estava a começar a sentir-me mesmo bem por termos decidido fazer isto e pelo ambiente criado. Por exemplo, quando passava na mesa alguma música deste projecto e, ao mesmo tempo, corria no projector alguns dos vídeos com momentos ao vivo da banda, a sinergia e fusão tomava contornos bem assustadores, mas bonitos também, que encaixavam na perfeição, era como se fossemos transportados para aquele palco por momentos. E bonito, é mesmo a palavra para descrever esta noite em todos os sentidos.

Tal como o CD realizado para este efeito para oferecer, a ideia no que toca à música era passar várias faixas da banda, intercaladas com outras de projectos relacionados como os Swandive e Annakin, com as de outras bandas que sentisse que tinham a ver com a ambiência pretendida e com a própria banda em si. Mesmo que não tivesse pensado totalmente nisso, fui verificando existirem diferenças entre as faixas dos Division Kent que apareceram nos dois contextos, quem sabe, mais uma peça do puzzle. Algumas só se ouviram na noite em si, outras só podiam ser escutadas no CD que ofereci, tendo reparado depois noutro estranho pormenor, ter passado 9 faixas da banda na noite e o CD ter o mesmo número de faixas deles. Giro...

Como esperado, não tivemos muitas pessoas, ajudando à tal calma e intimismo, assim como ao tal ambiente especial vivido no Ogâmico, com algumas partes sonoras a convidarem aos arrepios pelo corpo todo e a pêlos levantados. A dos Port-Royal, com os Múm, Mogwai e Efkerlang por exemplo, foi mesmo daquelas coisas. Credo.

No final da noite, bastante satisfeitos com o resultado, falámos na ideia de repetirmos este tipo de ambientes quando o calor passar, assim, em dias ocasionais da semana e diferentes no que se tem feito ao fim-de-semana. Por esta altura e devido a textos como este e performance em planeamento com o meu amigo R.A.M.oz, também senti bem que vou mesmo voltar a fazer algo relacionado com recitais/spoken word, tal o impulso interno e poder de transformação que algumas coisas nos provocam por vezes, como é o caso também de boa música e uma pista de dança. Tendo em conta que a minha atitude nesse último campo não mudou nadinha como deu para comprovar recentemente, veremos o que sai daqui.

O sorriso, no fim, a consciência do sucesso em criar-se um ambiente bonito, quem sabe diferente, compensa sempre tudo. Obrigado mais uma vez a quem esteve presente, a quem não pôde mas que esteve na mesma em espírito e, principalmente, ao João e equipa do Ogâmico.

Playlist do que fui tocando, clicando no read more.


Division Kent - Gravity
Swandive - Left
Soap&Skin - Cynthia
Twiggy Frostbite - Still Here
Patrick Phelan - Lesser Laws
Division Kent - In the Headlights
Red Painted Red - Flower
Desire - Don't Call
IAMX - Mercy
Division Kent - What You Don't Know
Client - Diary Of An 18 Year Old Boy
Emilie Simon - Alicia
Damero - Sweet Thunderheads
Annakin - Malfunction
Lusine - Twilight
Division Kent - Faraday Cage
Dark Captain Light Captain - Everyone We Know
Electrelane - Saturday
Ravens & Chimes - The Far Away Sound Of Cars
Division Kent - Lone Star
Klima - Fluorescent Stars
Black Swan lane - Dead
The Chameleons - Less Than Human
Port-Royal - Hermitage Pt. 3
Múm - K/half noise
Mogwai - Kids Will Be Skeletons
Efterklang - Doppelgänger
Tilbury On Cloves - A Place Called Start
Division Kent - Rooftop Rallye
I Hate This Place - Moment 2008
Frightened Rabbit - Poke
The Helio Sequence - Shed Your Love
Division Kent - This Big Hush
BirdPen - The Ghost Bird
Keep Away From Heat - Rainbow Drops
Division Kent - No Kryptonite
Dream City Film Club - 'Til The End Of The World
Madrugada - A Deadend Mind
Division Kent - Brooklyn Dub

4 comentar

Click here for comentar
09 julho, 2010 20:38 ×

Sem duvida uma iniciativa meritória e trabalhosa e que espero que tenha resultado da melhor maneira e o essencial homenagear alguem que nos é querido e nos diz algo.

Reply
avatar
Azelpds
admin
09 julho, 2010 22:35 ×

Deu o seu trabalho, mas acho que no final realmente resultou bem e ficou-se com a tal sensação boa de termos feito isto.

Acaba por ser uma homenagem pequena, mas foi bom. :)

Reply
avatar
elsafer
admin
09 julho, 2010 23:20 ×

organizado ... característica forte do signo
;)

Reply
avatar
Azelpds
admin
09 julho, 2010 23:25 ×

Quem sabe, se bem que esta iniciativa teve muito de caótico em si. ;)

Reply
avatar