Burzinski - Autumn Fears (2017)

1. Blind Stars
2. Lying Awake
3. Autumn Fears
4. Uncommon Places
5. Danger At Your Door
6. Baroque Panic
7. Monday Morning
8. Let The Rain End







A minha relação com a música de Burzinski começou em 2010. Desde então passou a marcar presença regular por aqui e chegámos mesmo a conhecer-nos ao vivo em 2012 numa visita relâmpago a Paris (seis dias) que proporcionou também um convívio com outros artistas franceses que me inspiram, Aube L e Sealight.

Autumn Fears sucede ao EP Paralysed, de 2015, e mostra-nos uma evolução clara a todos os níveis, seja nas melodias, na instrumentação ou até na forma como a voz, quente, nos chega aos ouvidos. Uma das maiores diferenças em relação a registos anteriores encontra-se no desaparecimento das guitarras para dar lugar aos sintetizadores, bateria e teclado Mellotron. O resultado, apesar do que se poderia esperar, é familiar e não foge assim tanto ao que se podia escutar no passado. Amadurecida, a música encontrou agora outra forma de se nos entranhar nos poros.
O ambiente cold wave que atravessa o disco tanto nos impele a dançar como nos remete para caminhadas nocturnas numa cidade sem nome.
O trio inicial com “Blind Stars”, “Lying Awake” e o tema que dá título ao álbum, é tremendo, assim como a combinação de “Baroque Panic” e “Monday Morning”. O ambiente cold wave que atravessa o disco tanto nos impele a dançar como nos remete para caminhadas nocturnas numa cidade sem nome.

Com lançamento previsto para o dia 8 de Junho, Autumn Fears é já um dos meus destaques pessoais para este ano. Enquanto o disco não fica disponível, recomenda-se vivamente uma visita à página oficial e a explorarem o bonito universo de Burzinski.

Site oficial: http://www.burzinskimusic.com
Bandcamp: https://burzinski.bandcamp.com/
Facebook: https://www.facebook.com/burzinskimusic
Youtube: http://www.youtube.com/user/burzinskimusic

Músicas a destacar: Autumn Fears, Baroque Panic, Blind Stars, Lying Awake, Monday Morning


Opinião: Burzinski - Ghostly Female Faces
Recente