Scofferlane - Veto (2012)

01. She Fell
02. What Do You Propose
03. I Awoke
04. Veto
05. Single Finger
06. On Predators
07. Rubber Arms
08. So Pretty
09. Home
10. Ode
11. Last Chance Rope
12. Harish
13. All Because Of Us
14. La Nuit



Sermos apanhados de surpresa, inebriados com a adrenalina da descoberta, há todo um prazer em ouvir discos como este. Os Scofferlane são oriundos da Rússia e praticam uma sonoridade de características pós-punk que nos lembra os tempos áureos de uns Birthday Party, Cramps, Bauhaus ou Nick Cave.

Lançado pela editora alemã afmusic, o álbum percorre um caminho que se inicia de forma enigmática com ‘She Fell’. É o suficiente para nos captar a atenção e desde esse momento ficamos curiosos com o que o conjunto nos reserva. O principal destaque vai sem dúvida para o trabalho de guitarra, se bem que a bateria é também uma das responsáveis pela condução de certos temas. Neste último campo ‘I Awoke’ dá-nos um dos primeiros impulsos para mexer o corpo e promete incendiar as pistas de dança mais alternativas. Já a música que dá nome ao álbum, com o seu ritmo lânguido e junção de voz masculina com feminina, convida-nos a entrar num estado de hipnose propício a condutas menos próprias com letra a condizer.

Existe um equilíbrio de ritmos ao longo do álbum e o baixo junta-se também à voz para momentos mais calmos em certos casos, o que só aumenta ainda mais o prazer da nossa audição. É uma espiral que se prolonga durante a hora que constitui a duração total do disco, com uma certa energia rock que já fazia falta no género, uma tensão sexual que nos enche de sorrisos e luz.

‘Veto’, de forma completamente inesperada, acaba por ser um dos melhores registos que tive oportunidade de ouvir até agora em 2012. A consumir sem reservas.

Site oficial: http://www.scofferlane.com/
Bandcamp: http://scofferlane.bandcamp.com/album/veto

Vídeo: I Awoke --> VER
Vídeo: On Predators --> VER

2 comentar

Click here for comentar
21 fevereiro, 2012 16:43 ×

Olá Nuno, gostei imenso deste disquinho, uma banda muito in e a juntar a estas influencias ainda dao uns cheirinhos Gun Club, muito bom.
Abraço.

Reply
avatar
Azelpds
admin
22 fevereiro, 2012 00:18 ×

Olha nem me lembrava já desses, boa referência também. :) Apanhou-me de surpresa este disco, muito giro mesmo. :)

Reply
avatar