I Hate This Place - Snowlights (2009)

01. We Lost Our Way
02. Morse ft. Supa
03. She's Space Invader
04. The Calligrapher and the Architect
05. Like They Even Know
06. Halogens
07. Revolve ft. Supa
08. A New Friend
09. Midnight
10. Snowlights ft. Supa
11. The Puzzler


Existem momentos e coincidências na vida, que podem fazer com que um disco ganhe um peso e importância considerável a nível pessoal. Foi precisamente isso que aconteceu com ‘Our Hearts Still Beating’, o muito recomendável álbum do ano passado deste projecto sediado nos Estados Unidos e liderado por Sean Nerney.

Os primeiros instantes de ‘Snowlights’ apontam para um continuar do percurso, com a voz delicada de Sean no centro das atenções e a sonoridade pop de cariz electrónico a lembrar uns The Go Find, Death Cab For Cutie ou Postal Service mas, minutos depois, surge uma das grandes diferenças deste disco em relação ao anterior, nomeadamente as colaborações com outros artistas e vocalistas.

Isto é o que mais poderá dividir opiniões, visto que algumas chocam mesmo com o tapete sonoro e ambiente do álbum, como são as três faixas onde Supa marca presença, oferecendo vocalizações rap/hip-hop que nunca chegam a sentir-se como parte do todo e da sonoridade deste projecto. Ouça-se ‘Revolve’ por exemplo, com o seu começo emocional, muito bonito, o que se mantém sempre que Sean canta e marca presença, para depois tudo se desvanecer quando surge a outra voz e ritmo, o que é uma pena.

Já outras colaborações acabam por agradar e entrar no ouvido com o tempo, mesmo que se estranhem a início, como é o caso das músicas onde temos uma parte vocal feminina, enquanto outras funcionam logo à partida, como na excelente ‘She's Space Invader’.

Além da novidade das colaborações, temos o evoluir das composições e dos sons que preenchem cada tema, assim como os mesmos estarem ligados entre si, tentando que o todo soe coeso e forme uma espécie de viagem com um princípio, meio e fim, sendo que em alguns casos o resultado é mais eficaz do que noutros, como na passagem entre ‘The Calligrapher and the Architect’ e ‘Like They Even Know’, ligados de maneira exímia. Mas é no tema seguinte, ‘Halogens’, que encontramos uma das melhores surpresas do álbum, com uma sonoridade algo diferente do resto dos temas, a voz recheada de efeitos e embrenhada no meio dos outros sons, com a faixa a subir em crescendo até explodir pouco depois, deixando um sorriso na face, à medida que volta aos sons iniciais. É uma das minhas favoritas, sem dúvida, e onde mais sinto certa evolução sonora.

O álbum termina da melhor maneira com ‘The Puzzler’, outro tema muito bonito, a fazer lembrar a saudosa ‘Moment 2008’ do registo anterior, sendo um disco que pode custar mais a digerir devido a certos aspectos, dividindo-se entre os temas mais calmos e os mais mexidos e dançáveis, acabando por ser uma experiência bem dinâmica, no bom sentido.

Myspace: http://www.myspace.com/ihtp

2 comentar

Click here for comentar
08 agosto, 2009 21:01 ×

:)

Estive a ouvir no myspace.

Sinceramente é um tipo de registo que não tenho o hábito de ouvir, mas ainda assim, gosto sempre de conhecer um pouco melhor as coisas antes de dizer que gosto ou não gosto, portanto deixei-me ouvir. :)

E havia lá uma música que já conhecia e que gosto: 'Moment'. :)

Do álbum novo que apresentas, 'já ouvi uma coisa ou outra', como por exemplo ali na tua rádio. :)

**

Reply
avatar
Azelpds
admin
09 agosto, 2009 17:36 ×

E este custa ainda mais a digerir que o anterior heheh. Mas ya, tem coisas bem engraçadas. :)

Reply
avatar