18-02-07: A simplicidade das coisas, Paranoid & Android em teste surpresa @ Bar do Bairro

Com uma conversa tão simples como hey, segunda não se trabalha, bora sair ao Bar do Bairro ou isso, começou a primeira noite de teste do projecto Paranoid & Android. Após essa conversa pensámos mutuamente que se não tivesse lá ninguém como costume a meter música no Domingo, que poderíamos fazer uma brincadeira, e foi exactamente isso que aconteceu.

De improviso, começámos a meter música numa sequência de três faixas cada um, com excepção da parte final em que meteu uma cada um. Tudo sem planos, indo ao sabor do impulso como começou toda esta noite. Foi sem dúvida uma noite muito gira e curiosa.

É por estas razões que talvez um dia algumas pessoas percebam como eu funciono em certas questões, e no caso deste projecto foi novamente simples. Indo ver a primeira noite dos bloggers no Bar do Bairro em que cinco pessoas meteram música em conjunto, uma delas despertou-me a atenção na altura, seja pela postura como, principalmente, pelas apostas sonoras. Como tal, ao confirmar uma das minhas noites de Fevereiro no Bar do Bairro disse que iria fazer a noite de 24 com outra pessoa invés de faze-la sozinho.

Isto não é dizer mal do resto das pessoas nem nada que se pareça, mas tal como a minha cena com o Saïd no projecto Renegades of Noize, nestas coisas de meter música em conjunto com alguém tem mesmo de ser quando existe algo, uma espécie de clic criativo e um potencial de se fazer coisas curiosas, caso contrário pode ser complicado de funcionar. Tendo em conta como correu esta noite feita de surpresa e totalmente de improviso, acho que esta é uma boa aposta e o tal potencial está lá. :)

A playlist do que tocámos nesta noite será metida mais tarde.

5 comentar

Click here for comentar
IndustrialSonic
admin
19 fevereiro, 2007 21:04 ×

Epá muito porreiro k tenha corrido bem, a cena da "roads" é periclitante!!!!

K estranho lol

Reply
avatar
Azelpds
admin
19 fevereiro, 2007 21:32 ×

periclitante? lindo lol.

Ya, meio spooky depois de ler a cena que estiveste a ouvir essa mesma faixa de Portishead que acabou a noite.

Mas não bate a noia da outra vez em que vinham a ouvir no carro a mesma faixa de Tool que começou a noite daquela vez há uns bons meses. 0_0

Reply
avatar
IndustrialSonic
admin
20 fevereiro, 2007 00:58 ×

Pois foi! A cena com a faixa de tool foi do caraças. Os cinco dentro do carro a curtir a cena aos altos "berros". Estamos a entrar e começa exactamente a mesma música!! Que medo! Brgh!!

Reply
avatar
IndustrialSonic
admin
20 fevereiro, 2007 00:59 ×

Foi "tooliano"!!

Reply
avatar