Gravidade Zero c/ Azelpds #40

"Quando existe uma ausência de gravidade, pode ser difícil encontrar pilares de apoio, lugares comuns que nos transmitam uma sensação de conforto e familiaridade, algo a que nos possamos agarrar. No entanto, não há lugar para receios, apenas uma vontade de flutuar e um convite para nos deixarmos ir, na procura de um pouco mais de cor para os nossos dias."

#40 We'll take our hearts outside...

...Leave our lives behind,
And watch the stars go out.
Guardar [MP3, ZIP] Duração [57:00] Data: 14-12-2009

Playlist:
01. Madredeus - Ao Longe O Mar
02. Dream City Film Club - Porno Paradiso
03. This Vision - City of Illusions
04. Annakin - Alive
05. Anna Ternheim - What Have I Done
06. The Joy Formidable - Austere
07. Pilot Cloud - Leaf
08. Mercury Rev - Butterfly's Wing
09. Kyte - Fake Handshakes Earnest Smiles
10. The London Apartments - Fair is Fair
11. Djuma Soundsystem - Les Djinns (Trentemøller Remix)
12. Apparat - Wooden (Anders Ilar Remix)
13. Sad Day For Puppets - My Twin Star
14. Dubstar - Stars (Acoustic)

6 comentar

Click here for comentar
14 dezembro, 2009 20:05 ×

Foi ESTRONDOSAMENTE bonita. Muito mesmo. Arrisco-me a utilizar a palavra 'perfeita'. [Parabéns]**

Reply
avatar
Azelpds
admin
14 dezembro, 2009 21:17 ×

obrigado :)

No meio do caos, lá vai havendo alguma luz. :)

Esta é 'daquelas' que gostei mesmo muito também quando ouvi o resultado final. Tem 'qualquer coisa' digamos.

Já faço upload do podcast, que hoje tive mesmo de descansar um pouquinho de tarde. :)

Reply
avatar
azul
admin
14 dezembro, 2009 22:19 ×

.......
............
.........

Reply
avatar
André Leão
admin
16 dezembro, 2009 23:01 ×

Yenho ouvido This Vision ultimamente. Não sendo uma obra prima, o álbum é interessante o suficiente para o irmos colocando no repeat...

Reply
avatar
Azelpds
admin
17 dezembro, 2009 21:28 ×

Eu tenho gostado muito dele ultimamente, apesar de não ser algo de original em termos de sonoridade, mas tem realmente algo que cativa e em noites deu para ver também que parece funcionar mesmo bem também nesse contexto, fora do álbum. :)

Reply
avatar