The Sound - From the Lion’s Mouth (1981)

the-sound.jpg1. Winning
2. Sense Of Purpose
3. Contact The Fact
4. Skeletons
5. Judgement
6. Fatal Flaw
7. Possession
8. Fire
9. Silent Air
10. New Dark Age

Álbum da vida de muito boa gente, este From the Lion’s Mouth será para sempre o marco da carreira deste grupo liderado por Adrian Borland, já falecido devido a suicídio. Apesar desse trágico desaparecimento, ao menos poderá orgulhar-se de ter acrescentado algo a este mundo, e que iria marcar várias pessoas, cada uma à sua maneira.

Numa altura em que continuam a surgir bandas novas com sonoridades nada originais ao contrário do que muito boa gente pensa, mas que são sim reaproveitamentos do passado, este álbum é outra das pérolas perdidas dos anos 80 que sabe sempre bem recordar e que iria influenciar futuramente muitas bandas, tal como os Chameleons, Kitchens of Distinction, Joy Division, Comsat Angels, Echo & The Bunnymen e tantas outras da mesma altura.

A sonoridade é a típica pós-punk que se resolveu chamar na altura, com linhas de baixo marcantes, voz meio cavernosa, melancólica, algo angustiada, e um sentido para a melodia apurado onde cada instrumento tinha o seu lugar próprio e ouvia-se nitidamente em cada música.

Desde a primeira faixa, Winning, que é difícil ficar-se indiferente caso se goste deste tipo de som, e mesmo que não se goste, é daqueles clássicos capazes de entrar muito bem no ouvido de qualquer um. A partir daí o álbum continua sempre forte e bastante coeso, existindo outras pérolas a descobrir como a excelente Fatal Flaw (provavelmente a minha favorita do álbum), e a claustrofóbica Silent Air onde, entre outras coisas, o vocalista vai repetindo certas frases, com destaque para a “You showed me that silence can speak louder than words”.

Os álbuns da banda foram todos recentemente reeditados, podendo-se encontrar em várias lojas do país como as Fnacs (eu comprei a versão remastered no Chiado), Carbonos ou AnAnAnA.

Um clássico intemporal que merece ser divulgado o mais possível, apreciado e descoberto, especialmente por certa camada de pessoas que parece que só começaram a ouvir música de à 5 anos para cá, tal a euforia, sensação de novidade e ilusão de originalidade sentidas por qualquer coisa que é lançada hoje em dia como se fosse a”next big thing”, expressão muito querida dos ingleses.

Apreciar o presente é bom e recomenda-se, mas sem nunca esquecer o passado, como costumo tantas vezes dizer. :)

Página myspace: www.myspace.com/thesounduk

Vídeo para a faixa “Winning" (Live) : www.youtube.com/watch?v=DYsJIphVVwA

Vídeo para a faixa “Sense of Purpose” (Live): www.youtube.com/watch?v=gb38SyLBZXw

4 comentar

Click here for comentar
Extravaganza
admin
14 abril, 2007 18:12 ×

Sem dúvida um dos álbuns da minha vida em que aponto como faixa preferida a sufocante "Silent air"...

;)

Reply
avatar
André Faria
admin
19 setembro, 2007 00:04 ×

Acabou de ser votado no meu blogue como o melhor álbum do período 1980-1984. Merecidamente... :)

Reply
avatar
Azelpds
admin
23 setembro, 2007 16:55 ×

Apesar deste ser um clássico, gosto bastante de outros álbuns deles, apesar do Thunder Up ter ganho um lugar especial nos últimos tempos, a tal ponto que escrevi aqui quase um testamento sobre ele lol.

Ver se agora que regressei do período de férias comento nos teus blogs, porque existem lá várias referências a cenas meio perdidas nos tempos que correm, incluindo em locais e zonas que seria normal isso não ter acontecido em certos aspectos. :)

Reply
avatar